Viewing Room | Almeida & Dale

Viewing Rooms Atuais

Ilê Funfun: Uma homenagem ao centenário de Rubem Valentim

Curadoria: Daniel Rangel

A exposição celebra a obra deste artista fundamental para o pensamento sobre a herança cultural africana e a arte brasileira, reunindo o essencial de sua trajetória.

Por favor, informe o seu nome.
Por favor, informe um e-mail válido.

Viewing Rooms Anteriores

John Graz

A mostra recupera a importância da atuação de John Graz para a consolidação de um design de mobiliário moderno no Brasil e destaca a diversidade e o ecletismo deste artista suíço, que escolheu o país como seu lar.

Elegantes e arrojados, os móveis de John Graz revelam tanto sua aproximação com os princípios da Bauhaus em sua preocupação com a estrutura e a funcionalidade, quanto uma marcada influência da Art Deco na delicadeza das linhas e formas. Seu trabalho foi pioneiro do design moderno de mobiliário no contexto brasileiro, introduzindo questões cruciais, como a produção em série e a pesquisa de diferentes materiais.

Por favor, informe o seu nome.
Por favor, informe um e-mail válido.

Foto Cine Clube Bandeirante:
Itinerários globais, estéticas em transformação

Curadoria: Iatã Cannabrava e José Antonio Navarrete

Através de fotografias, boletins, catálogos, álbuns fotográficos, entre outros recursos, esta mostra apresenta as dinâmicas de circulação internacional da produção artística dos fotógrafos do FCCB, um processo amalgamado as transformações artísticas que ocorreram no fotoclubismo e na cena fotográfica mundial onde os bandeirantes foram - com certeza - ativos protagonistas. O período abordado é de 1940 a 1980.
(Foto: João Minharro, Curva do progresso, c. 1973).

Por favor, informe o seu nome.
Por favor, informe um e-mail válido.

Agnaldo Manuel dos Santos – A Conquista da Modernidade

Curadoria: Juliana Bevilacqua

Maior mostra dedicada ao trabalho do artista negro, que morreu aos 35 anos, reúne cerca de 60 esculturas em madeira, produzidas entre 1953 e 1962. A pesquisa da curadora sobre a obra de Agnaldo se baseou em depoimentos e documentos para apresentar ao público um artista que subverteu a modernidade consentida a ele, ao não aceitar explorar apenas os temas que tentaram lhe impor.

Por favor, informe o seu nome.
Por favor, informe um e-mail válido.

Sacilotto - A Vibração da Cor

Curadoria: Denise Mattar e Gabriel Pérez-Barreiro

Destacando sua produção madura e original realizada a partir de 1974 que se manteve constante e intensa até seu falecimento em 2003, a exposição apresenta as diferentes buscas que Sacilotto desenvolveu ao longo desses anos, quando realizou a mais vibrante pesquisa cinética da arte brasileira, seguida de surpreendente investigação cromática.

Por favor, informe o seu nome.
Por favor, informe um e-mail válido.

Terra e Temperatura

Curadoria: Germano Dushá

Com um conjunto diverso de pinturas, desenhos, esculturas e objetos, a exposição propõe um ambiente imersivo para colocar em diálogo questões universais a partir de suas manifestações locais.
Reunindo quase 90 obras de mais de 30 artistas de diferentes épocas, regiões e práticas, como Mestre Guarany, Tarsila do Amaral, Madalena dos Santos Reinbolt e Mira Schendel para abordar aspectos do imaginário social brasileiro por múltiplos vieses, numa jornada não linear e livre de caminhos definidos.

Por favor, informe o seu nome.
Por favor, informe um e-mail válido.

Homens Trabalhando - A cidade que não para no imaginário do Foto Cine Clube Bandeirante

Curadoria: Iatã Cannabrava

Primeira mostra virtual da Almeida & Dale dedicada exclusivamente à fotografia resgata o período da história da arte no Brasil em que o movimento modernista se desenvolveu em grande escala como o mais transformador que a fotografia teve em sua forma. A seleção inclui imagens feitas entre 1946 e 1965, de nomes como José Oiticica, Barbara Mors, José Yalenti, Eduardo Ayrosa, Maria Cecilia Agostinelli e Eduardo Salvatore.

Por favor, informe o seu nome.
Por favor, informe um e-mail válido.

As Impurezas Extraordinárias de Miriam Inez da Silva

Curadoria: Bernardo Mosqueira

Assistência curatorial: Ana Clara Simões Lopes

Pintora e gravadora nascida em 1937 na cidade de Trindade em Goiás, Miriam estudou na Escola Goiana de Artes Plásticas, foi aluna de Ivan Serpa no MAM-RJ e participou de duas Bienais Internacionais de São Paulo (1963 e 1967). A Almeida & Dale Galeria de Arte, traz a obra da artista ainda pouco conhecida do público.

Por favor, informe o seu nome.
Por favor, informe um e-mail válido.

Candido Portinari: Balé Iara

Conheça a história do Balé Iara através dos desenhos e pinturas de Candido Portinari criados para a execução do figurino e cenários. Encenado no Theatro Municipal na década de 1940 pelo Original Ballet Russe, o Balé Iara foi uma criação conjunta pelo diretor da companhia Wassily de Basil, o poeta Guilherme de Almeida, o maestro Francisco Mignone e Candido Portinari.

Por favor, informe o seu nome.
Por favor, informe um e-mail válido.

Burle Marx: Paraísos Inventados

Curadoria: Guilherme Wisnik

Roberto Burle Marx foi um dos paisagistas mais importantes do século XX. Incorporou uma estética plástica à criação de paisagens e foi incansável na experimentação e busca de novas soluções para sua arte. Transportou o paisagismo a lógica das artes plásticas, numa percepção estética singular, através do uso de formas, texturas, cor, volume e sombras; transformando espaços públicos e privados. Artista multifacetado e inquieto foi paisagista, pintor, escultor, desenhista de joias, ceramista, ecologista e músico. Desenvolveu tecidos, joias, figurinos, cenários, esculturas, gravuras e jardins com seu estilo artístico vanguardista e moderno.

Por favor, informe o seu nome.
Por favor, informe um e-mail válido.

Flávio de Carvalho

Flávio de Carvalho é uma personalidade de destaque na cultura paulistana, atuando na arquitetura, nas artes visuais e no teatro. Sua extensa e múltipla produção inclui as atividades de pintor, desenhista, arquiteto, cenógrafo, decorador, escritor, teatrólogo, dramaturgo e engenheiro.

Por favor, informe o seu nome.
Por favor, informe um e-mail válido.

Farnese de Andrade

Trabalhando inicialmente com a gravura, em meados da década de 1960, Farnese de Andrade passa a produzir assemblages com objetos como cabeças e corpos de bonecas, santos de gesso e plásticos, todos corroídos pelo mar, coletados em rios, praias e aterros. Incorpora nestes trabalhos redomas de vidro, armários, oratórios, nichos, caixas e imagens religiosas, e cartões postais.

Por favor, informe o seu nome.
Por favor, informe um e-mail válido.

Segunda a sexta-feira das 10h às 18h
Sábado das 11h às 16h
Exceto feriados

+55 11 3882 7120
galeria@almeidaedale.com.br

Rua Caconde, 152 – 01425–010
São Paulo – SP